Filme Comer, Rezar, Amar – Crítica

Adaptações de  best sellers sempre deixam a desejar

comer rezar amar

Quem se animou com a história de Liz Gilbert pelo livro Comer, Rezar, Amar com certeza foi até o cinema para visualizar as imagens da biografia da autora sendo interpretada por nada mais, nada menos que Julia Roberts e Javier Bardem.
Liz Gilbert (Roberts) estava casada e tinha uma carreira bem-sucedida, mas mesmo assim não se sentia feliz.
Seu esposo (Billy Crudup) gostaria muito de ter um filho, mas esse não era o sonho da escritora que decide se divorciar.
Depois do divorcio ela se relaciona com um jovem ator (James Franco), seu relacionamento com o rapaz também não dá certo, então ela decide viver novas experiências conhecendo lugares diferentes.
Quem só viu o filme não consegue entender a escolha do roteiro. Tudo o que se sabe é que logo no começo ela recebe uma profecia de que voltaria a Bali o que realmente acontece.
Mas antes de voltar à Indonésia Gilbert passa pela Itália onde descobre o verdadeiro prazer da gastronomia e pela índia onde descobre o poder da meditação.
Apesar dos ensinamentos que a atriz recebe sobre o hinduísmo o telespectador que não entende a cultura indiana fica perdido, o diretor Ryan Murphy, poderia ter aprofundado nessa descoberta espiritual que a protagonista se envolveu.
Não só nesta parte do filme, mas em todas as experiências que a jornalista passou para encontrar o auto-conhecimento.
Foram esses caminhos que fizeram o livro se tornar um best-seller, e exatamente esses fatores não são colocados no filme.

comer rezar amar cena

Representação de Julia Roberts salva o filme

Com tantas lacunas na trama a única coisa que salva é a graciosidade que a atriz Julia Roberts transmite nas cenas.
O sorriso, a elegância, a forma como ela não se prostra diante dos relacionamentos fracassados e como ela se abre para o novo entrando em terras desconhecidas. Não teria uma atriz melhor para este filme.
Javier Bardem, que representa o brasileiro Felipe, também trouxe suavidade para o longa, formando um belo casal com Roberts.
Mesmo assim o filme não deixa de ser sem sal e sem profundidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s